top of page

Formações agendadas

Arte Pública de Almada

FEV a JUN 2023

Auditório Junta de Freguesia da Charneca de Caparica

[M/65]

FEV a JUN 2023

Arte e Envelhecimento Ativo

Arte Pública de Almada

O projeto “Arte Pública de Almada” pretende uma aproximação a obras de Arte Pública Contemporânea de Almada, particularmente evocativas do Poder Local Democrático. Procura-se integrar a população M/65 na pesquisa e criação de conteúdos sobre a escultura União, de Álvaro Carneiro (junto à Junta de Freguesia da Charneca da Caparica), que serão depois partilhados com a comunidade em geral, e sobretudo escolar e estudantil, através de um site. Compõem o projeto um ciclo de ações estratégicas de mediação cultural. A primeira fase compõe-se de: sessões de acolhimento dos grupos, visitas exploratórias aos monumentos, sessões sobre memórias e territórios, sessões sobre Arte Pública e Poder Local, e ainda sessões sobre o processo de criação e os autores das obras. Numa segunda fase, estão programadas sessões de escrita criativa, ilustração e criação plástica de cenários, e gravação de imagem e som, criações para as quais a inspiração será oriunda de vivências dos participantes sobre as obras de arte, os territórios, os factos históricos e o espaço urbano. Promove-se a mobilização dos vínculos entre as pessoas e as obras de arte, a aprendizagem sobre o território que habitamos, a criação artística, a utilização de ferramentas multimédia e um enorme valor: a intergeracionalidade, através da troca de experiências e conteúdos.
O Papel do Artista na Criação do Mistério em Cena

2ª e 6ª, 24 FEV a 13 MAR, 19h-21h

Espaço ACOME

[M/16]

2ª e 6ª, 24 FEV a 13 MAR, 19h-21h

Workshop com Sílvio Vieira

O Papel do Artista na Criação do Mistério em Cena

Neste workshop, trabalharemos as ferramentas não-verbais como veículos de comunicação de sentido. A ausência de palavra abrirá espaço à descoberta de outras formas de comunicar - por recurso à improvisação e à composição cénica - partindo livremente de elementos como a música, a luz, o espaço físico e o corpo. Dirigido a amadores das artes performativas em geral e a artistas de representação, cenografia, música e dança. Valor: 50€ ©Leonor Fonseca
Teatro M/14

Terças, 18h-20h

Espaço ACOME

[M/14]

Terças, 18h-20h

Formação com Joana Sabala

Teatro M/14

A acção caracteriza o jogo dramático, e como em todas as outras expressões artísticas, é a pessoa que está no coração de cada uma. Enche-se de gestos, atitudes, mímicas, utilizando o espaço, as palavras e os objectos, conseguindo assim possibilidades infinitas de exploração. A oficina de Teatro responde à necessidade de pôr os participantes à prova na imaginação, na identificação com os outros e com aquilo que os rodeia. Formadora: Joana Sabala OUTUBRO-ABRIL Rua Capitão Leitão 16, Almada Inscrição 20€ (inclui seguro) Frequência 35€/mês ou 90€/trimestre Organização: ACOME Apoio: Câmara Municipal de Almada
Pequenos Artistas

4 FEV, 15h30

Espaço ACOME

[3 a 10 + famílias]

4 FEV, 15h30

Contos e Artes Plásticas

Pequenos Artistas

Tudo começa com o “Era Uma Vez”, vamos contar uma história… E a partir dessa história e das suas ilustrações, vamos dar largas à imaginação e recriar os seus lugares e as suas personagens, dando-lhes cor e forma e levando este imaginário connosco, no momento de ir para casa. Em cada atelier, iremos utilizar materiais e técnicas expressivas diversificadas, possibilitando práticas lúdicas, criativas e sensoriais.
Contadores de Histórias

ABRIL, segundas, 19h00

Espaço ACOME

[M/16]

ABRIL, segundas, 19h00

Workshop

Contadores de Histórias

A divulgar
Iniciação ao Teatro

Sábados, 10h30-12h30

E.B. 2 e 3 de Corroios

[6 a 14 anos]

Sábados, 10h30-12h30

Formação de teatro

Iniciação ao Teatro

Formadoras: Joana Arez e Rita Miranda O Teatro e as Expressões Artísticas são elementos indispensáveis para o desenvolvimento pessoal, social e cultural. Através de jogos e exercícios criativos, vamos experimentar sentimentos, pensamentos, emoções, criar histórias, representações, personagens, explorar a nossa imaginação! ​A formação destina-se a participantes entre os 6 e os 14 anos e iniciará a 8 de outubro, com uma aula aberta. ​Formadoras: Joana Arez e Rita Miranda ​OUTUBRO-JUNHO E.B 23 de Corroios ​Inscrição 20€ (inclui seguro) Frequência 30€/mês ou 75€/trimestre Organização: ACOME Apoio: Câmara Municipal de Almada​
Arte Pública de Almada

FEV a JUN 2023

Auditório Junta de Freguesia do Laranjeiro

[M/65]

FEV a JUN 2023

Arte e Envelhecimento Ativo

Arte Pública de Almada

O projeto “Arte Pública de Almada” pretende uma aproximação a obras de Arte Pública Contemporânea de Almada, particularmente evocativas do Poder Local Democrático. Procura-se integrar a população M/65 na pesquisa e criação de conteúdos sobre a escultura Fraternidade, de António Júlio (Parque Luís Sá, Laranjeiro), que serão depois partilhados com a comunidade em geral, e sobretudo escolar e estudantil, através de um site. Compõem o projeto um ciclo de ações estratégicas de mediação cultural. A primeira fase compõe-se de: sessões de acolhimento dos grupos, visitas exploratórias aos monumentos, sessões sobre memórias e territórios, sessões sobre Arte Pública e Poder Local, e ainda sessões sobre o processo de criação e os autores das obras. Numa segunda fase, estão programadas sessões de escrita criativa, ilustração e criação plástica de cenários, e gravação de imagem e som, criações para as quais a inspiração será oriunda de vivências dos participantes sobre as obras de arte, os territórios, os factos históricos e o espaço urbano.
Teatro 6-14

Segundas, 18h-19h

Academia I. R. F. Almadense

[M/6]

Segundas, 18h-19h

Formação com Joana Arez e Rita Miranda

Teatro 6-14

Em parceria com a Academia Almadense, surge uma nova oferta de formação, na área da iniciação ao teatro, com o objetivo de explorar o autoconhecimento, a imaginação, o desenvolvimento da expressão e a comunicação dos mais novos. Para participantes dos 6 aos 14 anos que queiram experimentar a magia do teatro.
Orquestra de Percussão

Quintas, 19h00-20h30

Espaço ACOME

[M/15]

Quintas, 19h00-20h30

Formação com Rui Aires

Orquestra de Percussão

O objectivo principal será aprender a tocar instrumentos de percussão tradicional da península ibérica: Adufe, pandeireta, pandeiro quadrado, caixa de rufo, bombo, trancanholas e outros. Para além disso pretende-se que seja um espaço de encontro para criar música apoiada no cancioneiro tradicional da península ibérica. Pretende-se, assim, formar uma pequena orquestra com instrumentos de percussão e vozes e, em conjunto, criar repertório que será apresentado no final do curso. Formador: Rui Aires OUTUBRO-JUNHO Rua Capitão Leitão 16, Almada Inscrição 15€ (inclui seguro) Frequência 30€/mês ou 75€/trimestre Organização: ACOME Apoio: Câmara Municipal de Almada ​ RUI AIRES nasceu em Aveiro, viveu no Porto, Lisboa e Madrid e desde 2015 está em Almada. Percussionista, cantor, produtor musical e sonoplasta. Nos últimos anos tem investido grande parte do seu tempo no estudo, interpretação e composição de música de raiz tradicional da península ibérica recorrendo às ferramentas digitais, voz e percussão tradicional. Destacam-se projectos como: “Charanga”, “TEM.PÔ”, ANDARILHO 2.0, “Eliseo Parra y Las Piojas”, Orquestra de Foles, entre outros. Professor de percussão tradicional na Escola de Musica tradicional do CCRAM - Corroios e Percussão de mão na Escola de música tradicional da “Associação Gaita de Foles”.
Percussão Corporal

17 MAR [19h-21h] e 18 MAR [18h-20h]

Espaço ACOME

[M/12]

17 MAR [19h-21h] e 18 MAR [18h-20h]

Workshop com Paula Cirino

Percussão Corporal

Este workshop, com a duração de 4 horas, sendo a primeira vez que se realiza, terá o seu trabalho focado na execução de exercícios técnicos, nomeadamente a aprendizagem de vários elementos técnicos individuais e a sua conjugação usando entre si vários jogos de ritmo, fáceis de coordenar com exercícios básicos de improviso. Faremos exercícios de aquecimento envolvendo o movimento e no fim realizaremos uma pequena sequência rítmica sem música, à capela. Com Paula Cirino. Valor: 25€
Voz

Junho

Espaço ACOME

[M/14]

Junho

Workshop com Catarina Sousa

Voz

A divulgar
Construção de Marionetas

OUT 2023

Espaço ACOME

[M/14]

OUT 2023

Workshop com Catarina Pé-Curto

Construção de Marionetas

Catarina Pé-Curto (n.1977) Frequentou o curso de Arquitectura de Interiores da Universidade Nova de Lisboa. Atualmente estuda Arte Multimédia na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Completou cursos de Cinema de Animação de Volumes (Fundação Calouste Gulbenkian), Fotografia, Iniciação ao Teatro, Gravura (Mestre Marçal), Animação para a Infância e Educação Criativa. Trabalhou como designer, fotógrafa e ilustradora para a Companhia de Teatro de Almada, Centro Cultural Malaposta, Teatro Fórum de Moura e Teatro Extremo, entre outros. É ilustradora e designer do Festival Sementes desde 2004. Para publicidade, realizou cenografias e mascotes publicitárias. Colabora regularmente com o Festival Amadora BD e com outras entidades na concepção de espaços expositivos. Foi fundadora do grupo de teatro A Lente – Teatro de Aumentar, e também dos grupos Teatro de Areia e Núcleo de Marionetas, da Associação O Mundo do Espectáculo. Trabalha regularmente como criadora e formadora nas áreas de marionetas, figurinos, adereços e cenografia, tendo integrado espectáculos de ngela Ribeiro, Francis Seleck, Maria João Garcia, Victor Hugo Pontes, Companhia de Teatro de Almada, Companhia de Dança de Almada, entre outros.
Comunicação de Projectos Culturais

4ª, 15 FEV a 15 MAR, 18h-21h

Espaço ACOME

[M/18]

4ª, 15 FEV a 15 MAR, 18h-21h

Workshop com Inês Lampreia

Comunicação de Projectos Culturais

Elaboração de planos de comunicação para candidaturas. Valor: 50€
Música e Movimento

Quintas, 18h00-18h50

Espaço ACOME

[M/6]

Quintas, 18h00-18h50

Formação com Rui Aires e Mariana Correia

Música e Movimento

Este curso tem como objectivo explorar e aprender a tocar instrumentos tradicionais de percussão da península ibérica: Adufe, pandeireta, pandeiro quadrado, caixa de rufo, bombo, trancanholas e outros. Conjuntamente, utilizaremos o corpo, a voz e o movimento para explorar os diferentes ritmos e pulsações, construindo, ao mesmo tempo, um corpo que dança e cria música. A proposta é, em suma, aprender vários ritmos que se podem identificar nas músicas e danças da região da península ibérica e com esse porto de partida tocar, dançar e brincar. Formadores: Rui Aires e Mariana Correia OUTUBRO-JUNHO Rua Capitão Leitão 16, Almada Inscrição 15€ (inclui seguro) Frequência 25€/mês ou 60€/trimestre Organização: ACOME Apoio: Câmara Municipal de Almada ​ RUI AIRES nasceu em Aveiro, viveu no Porto, Lisboa e Madrid e desde 2015 está em Almada. Percussionista, cantor, produtor musical e sonoplasta. Nos últimos anos tem investido grande parte do seu tempo no estudo, interpretação e composição de música de raiz tradicional da península ibérica recorrendo às ferramentas digitais, voz e percussão tradicional. Destacam-se projectos como: “Charanga”, “TEM.PÔ”, ANDARILHO 2.0, “Eliseo Parra y Las Piojas”, Orquestra de Foles, entre outros. Professor de percussão tradicional na Escola de Musica tradicional do CCRAM - Corroios e Percussão de mão na Escola de música tradicional da “Associação Gaita de Foles”. MARIANA CORREIA, artista portimonense, expressa-se através das artes performáticas, com ênfase na música (voz e violoncelo), no teatro e na dança. Formada em Musicologia, mais tarde frequenta o curso de Voz na Escola de Jazz Luiz Villas-Boas (Hot Clube de Portugal). Leciona aulas de voz, de danças de cariz tradicional e dirige o Coro-Matéria. Atualmente integra diferentes projetos, nomeadamente o coletivo InsanaCena com o projeto "O medo que nos move", o elenco do espetáculo “Carta” de Mónica Calle, o duo “O lado de dentro”, “Um, dois, trio” – um baile para todos e a “Orquestra do Bairro” - uma criação para a comunidade, da Associação PédeXumbo.
Teatro M/20

Terças, 20h30-22h30

Espaço ACOME

[M/20]

Terças, 20h30-22h30

Formação com Joana Sabala

Teatro M/20

A acção caracteriza o jogo dramático, e como em todas as outras expressões artísticas, é a pessoa que está no coração de cada uma. Enche-se de gestos, atitudes, mímicas, utilizando o espaço, as palavras e os objectos, conseguindo assim possibilidades infinitas de exploração. A oficina de Teatro responde à necessidade de pôr os participantes à prova na imaginação, na identificação com os outros e com aquilo que os rodeia. Formadora: Joana Sabala OUTUBRO-ABRIL Rua Capitão Leitão 16, Almada Inscrição 20€ (inclui seguro) Frequência 35€/mês ou 90€/trimestre Organização: ACOME Apoio: Câmara Municipal de Almada
PAeAD - práticas artísticas e a sua aplicação didática

1 ABR [17h30-20h30] e 2 ABR [15h-18h]

Espaço Acome

[M/18]

1 ABR [17h30-20h30] e 2 ABR [15h-18h]

Workshop com Tatiana Saum

PAeAD - práticas artísticas e a sua aplicação didática

Veículo privilegiado da intervenção social e criação da autonomia, práticas artísticas (artes plásticas, som e movimento) catapultam tanto a individualidade como a constituição de comunidade. Dirigido a adultos que guiam ou desejam acompanhar grupos de várias naturezas (académica, recreativa) utilizando temas e recursos da Arte, este Workshop de curta duração apresentará e criará experiências artísticas pensadas para serem reproduzíveis e adaptáveis, pensando as problemáticas do contexto. Com Tatiana Saum. Valor: 25€
Improvisação

10 JUNHO

Espaço Acome

[M/14]

10 JUNHO

Workshop com Joana Sabala / Atos Urbanos

Improvisação

Joana Sabala (n. 1985) Mestre em Sociologia da Saúde e da Doença pelo ISCTE-IUL. É professora de Expressões Artísticas, formadora teatral, atriz e encenadora. Em 2003, foi co-fundadora do Teatro de Areia. De 2005 a 2018, organizou para a parceria entre a Associação Cultural O Mundo do Espectáculo e a Câmara Municipal de Almada (CMA) o Festival Inter-Escolas de Teatro de Almada. Desde 2007, coordena e desenvolve projetos de educação pela arte e de intervenção em contexto escolar através da expressão dramática. Desde 2008, assume a coordenação pedagógica do projecto educativo Férias Artísticas, apoiado pelo IPDJ e pela CMA. Em 2012, colaborou na criação artística do espectáculo com e para a comunidade Flash Mob, apresentado na Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, em Almada Velha. Desde 2014, colabora com o Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, tendo a seu cargo, e entre outras funções, a dinamização de oficinas artísticas dirigidas a grupos escolares e universitários. Trabalhou no projecto Meio no Meio (Artemrede), sob a direcção artística de Victor Hugo Pontes e com o apoio da iniciativa PARTIS (Fundação Gulbenkian). Em 2010 criou o projecto Actos Urbanos, atelier de expressão dramática para jovens e adultos, cuja direção artística assume também.
Inscrição
  • Black Facebook Icon
  • Instagram
arrow&v

Obrigado pelo envio!

© 2021 by MUNDO DO ESPECTÁCULO. all rights reserved     

bottom of page