PROTAGONISTA

IMG_4348_edited.jpg

Aqui podes conhecer melhor o protagonista deste painel de azulejos.

FERNÃO MENDES PINTO E A PEREGRINAÇÃO

Fernão Mendes Pinto nasceu em Montemor-o-Velho, entre 1510 e 1514. Partiu jovem para o Oriente, onde viveu as aventuras que inspiraram o seu livro Peregrinação. Este foi terminado depois de regressar, entre 1570 e 1578. Nesse período e até morrer, em 1583, viveu no Pragal, um lugar do concelho de Almada não muito longe da vila. Aqui desempenhou dois cargos importantes: foi Juiz da vila de Almada e Mamposteiro (tesoureiro) do Hospital de São Lázaro.

 

A Peregrinação foi publicada 31 anos após a morte do seu autor. Relata, na primeira pessoa, a viagem de Pinto pelo Extremo Oriente entre 1537 e 1558. 

É composta por 226 capítulos e pode estruturar-se em cinco partes. A primeira teria a ação dominada pelo ‘’eu’’ na sua desgraça e desfortuna; a segunda vê a direção dos acontecimentos a partir da figura de António de Faria; a terceira movimenta-se em torno de um ‘’nós’’, grupo de aventureiros que peregrina; a quarta concentra-se sobretudo em notícias sobre histórias e costumes dos povos extremo-orientais; na quinta entra em cena o missionário jesuíta Francisco Xavier.