O PLANISFÉRIO DA INTERCULTURALIDADE

Paleta_PI_10x15_escuro.jpg

Aqui podes saber mais sobre outro projeto de arte pública participativa.

MURAL CERÂMICO PARTICIPATIVO

O envolvimento dos cidadãos no processo de criação artística é uma forma de responsabilizar os mesmos pelas obras colocadas no espaço público e também de desenvolver o espírito crítico e artístico e aguçar a curiosidade da comunidade. A proposta aqui é, para além de criar uma representação da realidade, agir sobre ela.

O Planisfério da Interculturalidade, inaugurado a 14 de Outubro de 2015, tornou-se no projeto educativo do Monumento à Multiculturalidade, coordenado pelo Serviço Educativo da  Casa da Cerca - Centro de Arte Contemporânea e constitui-se como um mural cerâmico participativo. Contou com a colaboração de vários alunos das escolas do Monte da Caparica. 

Para criar esta obra, a equipa teve em consideração os seguintes aspetos: condições geográficas do território, características sociais e culturais da comunidade, aspetos formais da obra e relação com a comunidade. A estes aspetos, juntou-se a experiência sensitiva: tocar, olhar, cheirar, partilhar, colaborar.

O material utilizado foi a pasta cerâmica de barro e cada participante criou o seu azulejo com a ajuda de um tutor-voluntário, onde imprimiu um objeto à sua escolha que simboliza um desejo, uma vontade. O painel tem 2178 azulejos, com 15cm x 15cm, realizados por 146 turmas das oito escolas públicas do Monte da Caparica entre 2012-2014.

Planisfério da Interculturalidade ©Mário Rainha Campos
Desenho de cor - Planisfério da Interculturalidade ©Mário Rainha Campos
Transporte dos azulejos para cozer - Planisfério da Interculturalidade ©Mário Rainha Campos
Gazetes cheias na FBAUL - Planisfério da Interculturalidade ©Mário Rainha Campos
face_PI_AssentarAzulejos.jpg
face_PI_face_PI_AssentarAzulejosSrLuisAlcantara.jpg
Inauguração Planisfério da Interculturalidade ©Mário Rainha Campos