A OBRA

MonMulher.png

Autores: Lucinda Almeida e João Rodrigues

Inauguração: 8 de março de 2008

Materiais: betão armado, aço inox, azulejo

Dimensões: 5,50 m (alt. máx.) x 30,40m (larg. máx.)

MONUMENTO À MULHER

O projeto deste monumento ganhou o Concurso Público “Monumento à Mulher”, promovido pela Câmara Municipal de Almada.

A obra é constituída por dois elementos fundamentais, ligados entre si: muros em betão armado, revestidos de azulejo e estruturas em aço que se enrolam pelo espaço.

Nos painéis de azulejo, entre planos monocromáticos em azul cobalto, surgem painéis brancos onde estão inscritos 306 nomes de mulheres. Há nomes de mulheres comuns, entre outros de mulheres notáveis, diferenciados pela expressão e tipo de letra.  As mulheres que não encontram ali o seu nome também podem identificar-se na peça, através da observação da sua própria imagem projetada nos azulejos, pois estes são bons refletores.

A grande fita em aço traspassa a parede e ganha força, deslocando e rompendo as paredes, para desenhar um movimento novo, mais orgânico. É este gesto novo “que acaba por representar a mulher e a sua força de aço, que rompe estruturas e barreiras, em nome da construção de um mundo novo.” (Boletim Municipal nº 136)

Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher
Monumento à Mulher

Fotografia:

Catarina Pé-Curto